I’ll be home for christmas

Tive um Natal bem tranquilo e caseiro. O dia 24 chegou com meu pai e eu na varanda ouvindo os sons da rua de madrugada e olhando o pinheiro iluminado, no escuro.

Passei a tarde inteira ouvindo uma rádio online com clássicos de natal que a Pat passou, fazendo cookies e me sentindo muito Martha Stewart, claro. À noite, comidinhas boas. Dormi umas onze horas e acordei uma e meia, só pra deixar recadinhos de natal e ir dormir novamente. No domingo ainda tinha cookies, torta de maçã, séries no HD e muita gente indo e vindo. Além de uma pilha enorme de louça pra lavar e uma visitinha com panettone na vó. O pôr do sol foi lindo, cor de rosa, vibrante… Um presente.



esses cookies <3

Merry Christmas ;)

Advertisements

A Antibiblioteca

“O escritor Umberto Eco é proprietário de uma grande biblioteca particular (contendo 30 mil livros), e separa as pessoas que o visitam em duas categorias: Aqueles que reagem com “Uau! Signore professore dottore Eco, que biblioteca o senhor tem! Quantos desses livros o senhor já leu?”, e outros – uma pequeníssima minoria – que entendem que uma biblioteca particular não é um acessório pra levantar o ego do seu proprietário, mas uma ferramenta de pesquisa.

Livros não lidos não são menos importantes do que livros já lidos. A sua biblioteca deve conter mais o que você ainda não sabe do que você já sabe. Você irá acumular mais conhecimento e mais livros à medida que envelhece, e o número crescente de livros não lidos em sua prateleira será ameaçador.

Sem dúvida, quanto mais você sabe, maior sua lista de livros não lidos. Vamos chamar essa coleção de livros como uma antibiblioteca.

Nós tendemos a tratar o conhecimento como uma propriedade pessoal que deve ser protegida e defendida. Ele é um ornamento que nos permite subir na hierarquia social. Assim, essa tendência a ofender a sensibilidade da biblioteca de Eco concentrando-se no conhecido é uma parcialidade humana que se estende às nossas operações mentais.”

Nassim Nicholas Taleb, A lógica do cisne negro

panqueca s2

Eu tenho uma mania boba de comprar revistinhas de receitas, daquelas que custam R$ 1,00. Essa veio de uma delas, mas modifiquei um pouco.

Receita
Misturei no liquidificador:
1 xícara de leite, dois ovos, uma xícara de trigo, uma colherzinha de chá de sal e uma de páprica doce, um sachê de maionese (don’t ask), um montinho de salsa e duas colheres de sopa de margarina derretida (derreti na frigideira mesmo). É só bater e reservar por uns 20 minutos.
O recheio foi bem rápido: queijo prato, presunto e um tomate picadinho temperado só com orégano.
Depois é só despejar com uma concha na frigideira pra dourar os dois lados, e rechear direto no prato. Deu pra fazer cinco panquecas gordinhas :9

…E ainda apareceu um coraçãozinho na massa <3